Edições Natureza © - Todos os direitos reservados. 2.003 - 2.014                                                        

 

 

  Propriedades do Mel

 

 

Mel da flor de eucalipto: indicado em qualquer infecção respiratória, possui poderes antissépticos e ajuda a combater infecções intestinais e urinárias.
Mel da flor de laranjeira: tranquilizante natural, acalma palpitações e combate insônia.
Mel de flores silvestres: proveniente de diversas flores, é fortificante para crianças, adultos e idosos.
Mel da flor de cipó-uva: desintoxicante do fígado.

 

Mel de cana: (não é da flor) rico em ferro, colabora na formação óssea das crianças, adultos e idosos. Por não ser floral, esse mel não cristaliza.

Mel da flor da bracatinga: raro e de paladar amargo, porém extremamente medicinal. Age sobre o estômago, fígado, vesícula e intestinos. Ajuda a equilibrar a taxa de açúcar no sangue. Pode ser usado como preveção no desenvolvimento do diabetes e hipoglicêmicos. Vermífugo estimulante digestivo é indicado para problemas circulatórios.

Mel da flor da vassourinha: indicado para a circulação e hemorróidas.

Mel da flor da maçã: anti-reumático e calmante.

Mel da flor do assa peixe: depurativo do sangue e expectorante.

DICAS & INFORMAÇÕES

Uma colher de mel em água morna é um bom relaxante antes de dormir e, se estivermos gripados, o mel é um "santo remédio".

O mel é o melhor adoçante que o homem pode ter, mesmo em caso de regimes de qualquer tipo.

COMO É FEITO

O mel é um produto completamente natural. As abelhas coletam o néctar das flores, transformando-o rapidamente em mel, através dos sucos gástricos, depositando-o nos favos e deixando-o amadurecer.

A partir daí, o homem o extrai dos apiários, o centrifuga, filtra, decanta e engarrafa para vendê-lo ao consumidor. O apicultor, se possível, identificará de qual flor a abelha o coletou.

Composição Média:   outras substâncias: em pequenas quantidades.

- água -17,7 %  glicose -34,0 %  levulose - 40,5 %  sacarose - 1,9 %  minerais - 0,18 %

É bom saber que a composição, a cor e o aroma do mel variam em função das flores e da origem do néctar.

Entre os alimentos energéticos, o mel (uma colher contém 200 calorias) está certamente em primero lugar.

Por ser ele rapidamente absorvido, é muito indicado para atletas e crianças, pois além de melhorar o apetite não produz fermentações intestinais.

COMO RECONHECER

Uma das características naturais do mel puro é que este pode cristalizar-se, especialmente em tempo frio ou submetido a baixas temperaturas. O falsificado nunca cristaliza. Porém, se o mel tiver sido submetido à pasteurização, poderá não se cristalizar. A cristalização é, portanto, uma garantia do mel puro.

ONDE COMPRAR

Os melhores lugares são os apiários idôneos ou então as Associações ou Cooperativas Apícolas.

Não devemos comprá-lo, nunca, na porta de casa ou no comércio de rua.

USOS DO MEL

O mel pode ser usado como alimento e medicamento.

É muito usado inclusive em tratamento de beleza, mas o seu uso na culinária ainda é o segredo das melhores doceiras. Uma xícara de mel é tão doce quanto uma de açúcar. Ao substituir o açúcar, fazê-lo pela mesma quantidade de mel. O mel carameliza-se à alta temperatura, portanto, devemos usar menor temperatura no forno para bolos ou outros produtos assados feitos com mel. Caso contrário, eles se tornam escuros em cima, antes de estarem bem assados por dentro.

Se para os Egípcios a abelha nasceu das lágrimas de Raw o deus do sol e o mel é um alimento divino, é bom lembrar que apesar da beleza da comparação, a realidade é que as abelhas nascem de ovos colocados por uma única rainha, entre mais 60.000 operárias. Assim o mel continua sendo o alimento mais energético, puro e produzido da mesma maneira desde quando era chamado "manjar dos Deuses".

 



Medicina Alternativa®